Nossa fé

Professamos a seguinte fé cristã:

Bíblia Sagrada

A igreja pentecostal teve seu início no Dia de Pentecostes, na cidade de Jerusalém em Israel, quando os apóstolos e discípulos de Jesus Cristo receberam a promessa do alto, a descida do Espírito Santo, como prevista em Joel 2.28, Lucas 24.49 e Atos 1.8. Nisto se baseia nossa fé cristã.

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Brasil foi fundada em 1911 pelos missionários Gunar Vingren e Daniel Berg. Destarte, cremos na totalidade das verdades bíblicas como regra de fé cristã, prática e conduta do cristão, resumidas, mas não limitadas, às seguintes dezesseis Doutrinas bíblicas.

1- Cremos em um só Deus eternamente subsistente em três pessoas distintas: Deus o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Dt 6.24; Mt 28.19 e Mc 12.29.

2- Cremos na inspiração verbal e divina da Bíblia Sagrada. Única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter do cristão. 2 Tm 3.14-17.

3- Cremos no nascimento virginal de Jesus Cristo, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal de entre os mortos, e em sua ascensão gloriosa aos céus. Is 7.14; Lc 1.26-31; Lc 24.4-7 e At 1.9.

4- Cremos na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus e que somente através do arrependimento dos seus pecados, a fé na obra expiatória de Jesus Cristo o pode restaurar a Deus. Rm 3.23; At 3.19 e Rm 10.9.

5- Cremos na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Jesus Cristo pelo poder atuante do Espírito Santo e pela eficácia da Palavra de Deus, a fim de tornar o ser humano apto para herdar a vida eterna nos céus. Jo 3.3-8; Rm 10.17 e Jo 3.16.

6- Cremos no perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebida gratuitamente de Deus através de Jesus Cristo. At 10.43; Rm 10.13; Hb 7.25; Rm 3.24-26 e Hb 5.9.

7- Cremos no batismo bíblico, como fé cristã, efetuado por imersão do corpo inteiro de uma só vez em águas.

a. Modo do Batismo – por imersão;

b. Fórmula do Batismo – em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo;

c. Autoridade do Batismo – em nome de Jesus Cristo. Mt 28.19; At 2.38; Rm 6.1-6 e Cl 2.12.

8- Cremos na Santa Ceia como elemento simbólico da celebração do sacrifício vicário de Jesus Cristo, privilégio da comunhão dos crentes entre si e seu Salvador, oficiada com os dois elementos físicos distintos: o suco da uva e o pão. Mt 26.26-29 e 1 Co 11.23-33.

9- Cremos no batismo no Espírito Santo que nos é ministrado por Jesus Cristo com a evidência de falar em outras línguas e na atualidade dos nove dons espirituais ministrados pelo Espírito Santo para a edificação da Igreja. Pv 1.23; Is 35.6,7; Jl 2.28; Mt 3.11; Mc 16.16; At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7; 1 Co 12.10; 14.2,4 e 1 Co 12.1-12.

10- Cremos na santificação ocorrida em duas fases distintas:

a. absoluta e definitiva: feita por Jesus Cristo retirando o novo crente do mundo e o introduzindo no seu corpo;

b. relativa e progressiva: mantida pelo crente em sua separação do efeito pernicioso do século presente, numa demonstração de fé cristã do eterno poder de Deus em sua vida e da sua fidelidade ao seu Salvador. Jo 17.19; Hb 9.14; 1 Pe 1.15; 1 Jo 2.15.

11- Cremos na chamada ministerial específica e distinta para o crente, por Jesus Cristo, a fim de evangelizar o mundo e edificar a sua igreja. Mc 16.15-20; Ef 4.11-16 e 1 Tm 4.6-16.

12- Cremos que todos os crentes, após o arrebatamento da Igreja, comparecerão ante o tribunal de Cristo, nos céus, para receberem a recompensa dos seus feitos em prol da obra da fé cristã na terra. 2 Co 15.10; Mt 18.18-20; Mc 16.20; Lc 24.49; At 2.45-47 e Ap 14.13.

Ministério Itemol

13- Cremos na segunda vinda pré-milenial de Jesus Cristo em duas fases distintas:

a. primeira, invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja da terra antes da Grande Tribulação;

b. segunda, visível e juntamente com a Igreja glorificada, para destruir o império do anticristo, para salvar os remanescentes de Israel, para julgar as nações e instalar o Milênio. 1 Ts 4.16,17; 1 Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5; Jd 14 e Ap 17.14.

14- Cremos no Reino Milenial de Cristo com sua Igreja glorificada e com Israel salva, o qual regerá as nações da terra, estabelecerá a paz universal e recompensará os povos que ajudaram a Israel. Ap 1.7; 20.1-6; Ez 37.21,22; Zc 3.19,20; Rm 11.27,30; Sl 72.38 e Mq 4.3,4.

15- Cremos no juízo vindouro que condenará os infiéis e terminará a dispensação física do ser humano sobre a face da terra. Dn 12.2; Ap 20.11-15; Mt 25.46; Mc 9.43-48 e Ap 19.20.

16- Cremos no novo céu, na nova terra, na vida eterna de gozo para os fiéis e na condenação eterna para os infiéis. Mt 25.46; 2 Pe 3.13; Ap 21.22 e Mc 16.16.

Cristianismo (do grego “Christós”, messias) é uma religião abraâmica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré (fé cristã), tais como são apresentados no Novo Testamento. A fé cristã acredita essencialmente em Jesus como o Cristo, Filho de Deus, Salvador e Senhor. A religião cristã tem três vertentes principais: o Catolicismo, a Ortodoxia Oriental (separada do catolicismo em 1054 após o Grande Cisma do Oriente) e o protestantismo (que surgiu durante a Reforma Protestante do século XVI). O protestantismo é dividido em grupos menores chamados de denominações. Os cristãos acreditam que Jesus Cristo é o Filho de Deus que se tornou homem e o Salvador da humanidade, morrendo pelos pecados do mundo. Geralmente, os cristãos se referem a Jesus como o Cristo ou o Messias.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cristianismo